Polímeros
Polipropileno: Polímero sintético.

Os polímeros correspondem ao agrupamento de pequenas moléculas denominadas monômeros que ao se ligarem formam macromoléculas. Recebem esse nome do grego: poli = muitos + meros = partes. A reação que forma os polímeros é chamada de polimerização.

Na verdade, os materiais poliméricos não são novos - eles têm sido usados desde a Antigüidade. Contudo, nessa época, somente eram usados materiais poliméricos naturais. A síntese artificial de materiais poliméricos é um processo que requer tecnologia sofisticada, pois envolve reações de química orgânica, ciência que só começou a ser dominada a partir da segunda metade do século XIX. Esses compostos surgiram para imitar os polímeros naturais e deram origem aos chamados polímeros sintéticos.

Com o polímero sintético é possível fabricar vários objetos, dentre eles: sacolas plásticas, pára-choques de automóveis, canos para água, panelas antiaderentes, mantas, colas, tintas e chicletes. Já os polímeros naturais são: a borracha, os polissacarídeos, as proteínas.

Os polímeros estão divididos em dois grupos diferentes, denominados polímeros de adição e condensação. Os polissacarídeos e as proteínas são polímeros de condensação obtidos a partir de monossacarídeos e aminoácidos, respectivamente. A borracha natural é obtida através de um polímero de adição. A celulose, o amido e o glicogênio são exemplos de polissacarídeos. A borracha natural é encontrada na árvore Seringueira: é feita uma incisão (corte) no caule e em seguida se obtém um líquido branco denominado Látex, que se transforma em borracha.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Polímeros








1 comentários

Faça seu Login

  • sábado | 21/11/2009 | Fábio Moreira
    Usuário

    Quer dizer que partir do ano de 1851 começamos a poluir o planeta com polímeros sintéticos.