Polímeros
Polipropileno: Polímero sintético.

Os polímeros correspondem ao agrupamento de pequenas moléculas denominadas monômeros que ao se ligarem formam macromoléculas. Recebem esse nome do grego: poli = muitos + meros = partes. A reação que forma os polímeros é chamada de polimerização.

Na verdade, os materiais poliméricos não são novos - eles têm sido usados desde a Antigüidade. Contudo, nessa época, somente eram usados materiais poliméricos naturais. A síntese artificial de materiais poliméricos é um processo que requer tecnologia sofisticada, pois envolve reações de química orgânica, ciência que só começou a ser dominada a partir da segunda metade do século XIX. Esses compostos surgiram para imitar os polímeros naturais e deram origem aos chamados polímeros sintéticos.

Com o polímero sintético é possível fabricar vários objetos, dentre eles: sacolas plásticas, pára-choques de automóveis, canos para água, panelas antiaderentes, mantas, colas, tintas e chicletes. Já os polímeros naturais são: a borracha, os polissacarídeos, as proteínas.

Os polímeros estão divididos em dois grupos diferentes, denominados polímeros de adição e condensação. Os polissacarídeos e as proteínas são polímeros de condensação obtidos a partir de monossacarídeos e aminoácidos, respectivamente. A borracha natural é obtida através de um polímero de adição. A celulose, o amido e o glicogênio são exemplos de polissacarídeos. A borracha natural é encontrada na árvore Seringueira: é feita uma incisão (corte) no caule e em seguida se obtém um líquido branco denominado Látex, que se transforma em borracha.

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Polímeros








1 comentários

Faça seu Login

  • sábado | 21/11/2009 | Fábio Moreira
    Usuário

    Quer dizer que partir do ano de 1851 começamos a poluir o planeta com polímeros sintéticos.