Você está aqui Mundo Educação Química Físico-Química Oxirredução Nox em compostos orgânicos

Nox em compostos orgânicos

A determinação do Nox do carbono em compostos orgânicos complexos deve ser feita considerando cada carbono com os seus ligantes separadamente.

Nox em compostos orgânicos
Determinar o Nox do carbono nos compostos orgânicos é mais complexo porque, em muitos casos, as moléculas são bem extensas

O Nox (número de oxidação) refere-se à carga dos íons monoatômicos, e no caso de íons polinuclerares, compostos que realizam ligações iônicas e compostos que fazem ligações covalentes, o Nox refere-se à tendência que o átomo de cada elemento tem de atrair os elétrons envolvidos nas ligações.

Geralmente, a determinação do Nox é feita para as substâncias inorgânicas que participam em reações de oxidorredução, em que há transferência de elétrons. No entanto, os compostos orgânicos também participam desse tipo reação. Um exemplo é a oxidação do etanol do vinho em contato com o oxigênio do ar, transformando-se em ácido acético (vinagre):

C2H6O(aq) + O2(g) → C2H4O2(aq) + H2O (?)
 
etanol                       ácido acético
  vinho                        vinagre

O texto Número de Oxidação (Nox) mostra como determinar o Nox para cada elemento envolvido em substâncias mais simples. Por exemplo, abaixo temos o Nox de cada elemento envolvido em uma reação de oxirredução:

 +1  -2           0         +1  -1       0
2 H2O + 2 F2 → 4 HF + O2

Observe que a soma dos Nox de todos os elementos em uma substância é igual a zero.

No caso dos compostos orgânicos, pode-se fazer o mesmo e determinar o que se chama de Nox médio, pois não apresenta o Nox de cada um dos átomos de carbono do composto, mas apenas a média entre eles. Veja como isso é feito no caso do etanol e do ácido acético da reação acima; lembrando que o Nox do H é +1, que o do O é -2 e que a soma algébrica dos Nox na molécula é igual a zero:

Etanol:                                                                       Ácido acético:
C2H6O(aq)                                                        C2H4O2
2 . x + 6 . (+1) + 1 . (-2) = 0                          2 . x + 4 . (+1) + 2 . (-2) = 0
2x + 6 - 2 = 0                                                 2x + 4 - 4 = 0
2x = -4                                                           2x = 0
x = -2                                                             x = 0

Mas e se quiséssemos saber o Nox de cada átomo de carbono na molécula. Isso é importante no caso dos compostos orgânicos porque eles são mais complexos, apresentando cadeias bem longas muitas vezes. Veja como isso é feito no caso do etanol e do ácido acético:

Explicação da determinação do Número de Oxidação (Nox) para compostos orgânicos

O mesmo vale para todos os compostos orgânicos. Assim, em cadeias muito longas, considere cada carbono separadamente, levando em conta todos os seus ligantes, com exceção dos outros carbonos que não interferem no Nox.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Nox em compostos orgânicos








1 comentários

Faça seu Login

  • terça-feira | 17/06/2014 | Ana
    Usuário

    Me ajudou demais! Muito bem explicado :D