Metal Bário
Bário em seu estado natural.
O Bário é um elemento químico pertencente à classe dos metais alcalino terrosos (família 2 A) e possui símbolo Ba, massa atômica 137 u e número atômico 56.

O bário é um elemento químico tóxico, de aspecto prateado, com alto ponto de fusão, que pode ser encontrado no mineral barita, não sendo encontrado livre na natureza, devido a sua elevada reatividade. Encontra-se no estado sólido à temperatura ambiente.

O Bário é facilmente oxidável pelo ar e todos os seus compostos que são solúveis em água ou em ácidos são venenosos. O sulfato de bário tem uma aplicação como contraste em diagnósticos por raios-X (radiografias de estômago e intestino). Esse procedimento não apresenta perigo, já que este sulfeto é insolúvel, ou seja, não vai ser absorvido pelo estômago.

Sintomas de intoxicação por bário:

• Náuseas, vômitos, diarréia, dor abdominal;

• Agitação, ansiedade;

• Tremores, fibrilação muscular, hipertonia dos músculos da face e pescoço;

• Crises convulsivas e coma.


Utilizações do metal Bário:

• O sulfato de bário é usado como pigmento branco em pinturas;

• O sulfato de bário tem a capacidade de absorver radiação e por isso é útil como carreador de rádio (Rd) em usinas nucleares;

• A barita é usada extensivamente em fluidos para a perfuração de poços de petróleo e na produção da borracha.

• Os compostos de bário são usados em pequenas quantidades para a produção de tintas e vidros, e também em foguetes pirotécnicos;

• O carbonato de bário é usado como veneno para ratos e também pode ser usado para a fabricação de vidros e tijolos;

• O nitrato de bário e cloreto de bário produzem chamas verdes em foguetes pirotécnicos.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Metal Bário








1 comentários

Faça seu Login

  • sexta-feira | 04/05/2012 | Ruben Toino...
    Usuário

    adoro este blog, lindo mesmo,