Você está aqui Mundo Educação Química Química Geral Tabela Periódica Elementos Químicos Gás Argônio
Gás Argônio
Peças de museus são conservadas com argônio.

O gás Argônio destaca-se por ser o gás nobre mais abundante do planeta Terra, sendo que a maior quantidade se encontra na mistura gasosa do ar atmosférico: cerca de 0,93% do volume do ar que respiramos é composto pelo mesmo.

Argônio representa o gás nobre que possui símbolo Ar, número atômico 18 (18 prótons e 18 elétrons) e massa atômica 40 u, encontrando-se na forma gasosa em temperatura ambiente.

Aplicações do Argônio: este gás, devido à sua propriedade inerte, característica dos gases nobres, possui uma vasta utilização no que se refere à conservação de materiais oxidáveis. Vejamos algumas:

- É aplicado em peças de museus para uma melhor conservação das relíquias. O argônio, uma vez presente, evita que o material sofra ação corrosiva.

- A chamada soldagem especial com atmosfera protetora, conta com a ajuda do argônio para ocorrer. O gás é responsável por proteger a solda da oxidação.

- Devido à ação anticorrosiva, é aplicado também em lâmpadas incandescentes para evitar a corrosão do filamento de tungstênio.

- O gás é usado para inflar airbags de alguns automóveis.

- Na medicina, o argônio é aplicado na forma de laser em cirurgias dos olhos.

Veja mais!
Gás Neônio.
 

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Gás Argônio








1 comentários

Faça seu Login

  • terça-feira | 13/08/2013 | armindo e. amaral
    Usuário

    O gás argônio também pode ser usado para a retirada de um pólipo benigno que está colado na parede intestinal, evitando-se assim, qualquer rompimento do intestino