Você está aqui Mundo Educação Química Química Inorgânica Funções Inorgânicas
Funções Inorgânicas
São quatro as funções inorgânicas principais: ácidos, bases, sais e óxidos

Para facilitar o estudo das substâncias químicas, elas foram divididas em grupos ou funções químicas, que são conjuntos de substâncias que apresentam propriedades químicas semelhantes, por possuírem estruturas parecidas. As duas principais funções químicas são: funções inorgânicas e funções orgânicas.

Antigamente acreditava-se que as substâncias orgânicas eram aquelas que se originavam de organismos vivos (vegetal e animal); e as inorgânicas seriam as de origem mineral.

No entanto, verificou-se que isso não era correto, pois grande parte das substâncias orgânicas pode sim ser sintetizada em laboratório. Então, hoje em dia, esses grupos são conceituados da seguinte forma:

Conceito de substâncias orgânicas e inorgânicas

Agora que já conceituamos o que é uma função inorgânica, vejamos como se subdivide esse grupo e quais são as características que diferenciam seus compostos.

Para isso é necessário conhecer a Teoria da Dissociação Iônica proposta pelo sueco Svante Arrhenius, pois ela é a base da classificação das funções inorgânicas principais. Em 1884, Arrhenius realizou vários experimentos para explicar a condutividade de algumas soluções.

Ele descobriu que a condutividade elétrica das soluções dependia da existência de íons, que eram os responsáveis por transportar a carga. Arrhenius chegou, então, à conclusão de que as soluções iônicas transportavam corrente elétrica porque os seus íons, que antes estavam em um aglomerado iônico, eram separados quando colocados em água. A esse fenômeno ele deu o nome de dissociação iônica. Ele percebeu também que quando se colocavam algumas substâncias moleculares na água, ocorria o fenômeno da ionização, quando a água atua como reagente e forma íons positivos (cátions) e negativos (ânions).

Baseado nesses estudos, Arrhenius observou que determinados grupos de substâncias inorgânicas liberavam os mesmos cátions, quando colocados em água. Já em outro grupo, as substâncias liberavam os mesmo ânions. Desse modo, observou-se que era possível dividir as substâncias inorgânicas em grupos menores ou funções inorgânicas, que ficaram sendo quatro: ácidos, bases, sais e óxidos.

Segundo a Teoria de Arrhenius, os conceitos dados para as funções são: ácidos, bases e sais. Os óxidos são a única função inorgânica que não baseiam sua definição na Teoria de Arrhenius.

Conceito de ácidos

HxA + H2O → x H+(aq) + Ax-(aq)
ou
HxA + H2O → x H3O1+ (aq) + Ax-(aq)

Exemplos:

  • Ácido sulfúrico: H2SOH3O1+ + HSO4-   ou   H2SO H1+ + HSO4-
  • Ácido clorídrico: HCl   →    H3O1+ + Cl1-        ou    HCl     →  H1+ + Cl1-

Conceito de bases

C(OH)x + H2O → Cx+ + xOH-

Exemplos:

  • Hidróxido de sódio: NaOH(s)  → Na1+ +  OH1-
  • Hidróxido de cálcio: Ca(OH)2 → Ca2+ + 2 OH1-

O veneno do ferrão da abelha é um ácido; e o da vespa é uma base

Conceito de sais

Exemplos:

  • Sal de cozinha – Cloreto de sódio: NaCl → Na1+ +  Cl1-
  • Nitrato de cálcio: Ca (NO3)2 → Ca2+ + 2NO31-
  • Fosfato de amônio: (NH4)3PO4→ 3 NH4+1 + PO43-

Conceito de óxidos

Exemplos:

CO2, SO2, SO3, P2O5, Cl2O6, NO2, N2O4, Na2O, etc.

As pérolas e as conchas são constituídas, principalmente, de um sal; e as tintas, de óxidos

Para saber mais sobre cada uma dessas funções inorgânicas, sua nomenclatura, classificação, aplicações, propriedades e os demais aspectos relacionados a elas, leia outros textos de nosso site da seção de Química Inorgânica, como os descritos abaixo:

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Funções Inorgânicas








6 comentários

Faça seu Login

  • sexta-feira | 04/07/2014 | Renato
    Usuário

    gostei, bem resumido e bem explicado

  • sexta-feira | 03/05/2013 | ivan filipe
    Usuário

    gostei me ajudou muito

  • sexta-feira | 03/05/2013 | ivan filipe
    Usuário

    gostei me ajudou muito

  • sábado | 12/01/2013 | celina silva
    Usuário

    gostei! me ajudou muito no trabalho da escola.