Você está aqui Mundo Educação Química Curiosidades Químicas Cuidado com a Naftalina!

Cuidado com a Naftalina!

Cuidado com a Naftalina!
Naftalina e sua fórmula estrutural.
A Naftalina, de fórmula molecular C10H8, é um repelente natural que já foi vastamente utilizado por donas de casa em armários e gavetas. Traças e baratas são repelidas pelo vapor que esta substância exala, sendo assim, as roupas guardadas próximas à naftalina ficam protegidas do ataque destas pragas.

Características químicas e físicas da naftalina

A estrutura química da naftalina é formada por dois anéis benzênicos, o que dá a esta substância a classificação de composto aromático.

O princípio ativo da naftalina é explicado por uma característica física bem interessante: a sublimação, esta se define como a passagem do estado sólido para o gasoso de forma direta. Uma vez sublimada, a naftalina se apresenta no estado de vapor tóxico para os micro-organismos indesejáveis.

Mas será que esses vapores são tóxicos apenas para insetos? Infelizmente não, o homem também fica exposto ao risco ao inalar tal substância. Esta é uma das justificativas para o porquê de a naftalina não ser atualmente a melhor opção para o controle de pragas.

Algumas dicas são úteis quanto ao uso da Naftalina:

- Não retire as bolinhas de naftalina de dentro da embalagem que as comporta. Desta forma os vapores tóxicos ficam em parte retidos e apenas insetos serão afetados com a quantidade mínima exalada.

- Não utilize o produto em roupas para crianças, pois elas são mais suscetíveis à intoxicação.

Sintomas da intoxicação por naftalina: Fortes dores de cabeça, confusão mental, lesões no fígado e nos rins, irritação nos olhos, na pele e no aparelho respiratório.



Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Cuidado com a Naftalina!








0 comentários

Faça seu Login