Você está aqui Mundo Educação Química Curiosidades Químicas Composição de tintas

Composição de tintas

Composição de tintas
Como a tinta se fixa ao papel?
Seja qual for a tinta, de impressora, de caneta, do tintureiro (como mostra a imagem acima), todas elas precisam de requisitos básicos para tingir e se fixar sobre a superfície do papel. O papel a ser usado é um fator importante, ele precisa ser aderente e se encontrar apto para a tarefa: sem amassados e com superfície limpa (sem partículas de pó).

A composição básica das tintas em geral conta com um pigmento (partículas bem reduzidas responsáveis pela cor), um agente de suspensão e uma substância adesiva (para a tinta se manter fixa).

Os pigmentos constituintes das tintas são compostos químicos insolúveis em água e em substâncias oleosas. É por isso que, mesmo ao manusearmos a folha impressa constantemente, a tinta ainda permanece fixa. Um exemplo de pigmento é o dióxido de titânio (TiO2), composto de coloração branca que tem as mais variadas aplicações, desde tintas até produtos de confeitaria e protetores solares.

A aderência do papel fica por conta das fibras presentes em sua composição, quanto mais fibroso, melhor ele receberá a tinta. É possível perceber essa característica física visualmente, papéis mais opacos (sem brilho) contêm mais fibras.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Composição de tintas








1 comentários

Faça seu Login

  • quinta-feira | 03/01/2013 | Tiago Correia...
    Usuário

    Muito bom