Você está aqui Mundo Educação Química Curiosidades Químicas Composição química do papel

Composição química do papel

Composição química do papel
O que contém nestas folhas?

Uma definição para papel: composto de origem vegetal obtido a partir da justaposição artificial de fibras celulósicas.

O pressuposto acima já nos adianta que a composição química do papel varia consoante o tipo de planta utilizado, no entanto, podemos considerar uma fórmula geral. Seu principal constituinte é a celulose, um polímero, mais precisamente um polissacarídeo construído a partir de monômeros de β-D-Glucose. A D-Glucose (C6H12O6) é um sacarídeo contendo 5 grupos álcool (OH) e um grupo aldeído (COH) no carbono 1.

Veja a seguir as substâncias que passam a compor o papel após sua fabricação:

Constituintes majoritários: lignina, celulose e hemiceluloses;

Constituintes minoritários: substâncias minerais, proteicas, ácidos gordos, ácidos resínicos.


Não podemos deixar de citar a importância do componente lignina, uma macromolécula que confere ao papel uma maior resistência. A substância está presente em grandes quantidades em alguns tipos de papéis como, por exemplo, papel pardo (usado em sacos de pão) e o papelão, ambos resistentes. A coloração mais escura identifica os papéis que contam com uma maior porcentagem de lignina.

Por Líria Alves
Graduada em Química

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Composição química do papel








10 comentários

Faça seu Login

  • sábado | 12/04/2014 | Eduarda
    Usuário

    Muito bom!

  • segunda-feira | 22/10/2012 | karen
    Usuário

    nossa gnt.. vlw.. ae.. brigaduu

  • sexta-feira | 17/08/2012 | belarmino...
    Usuário

    o texto me ajudou a concretizar minha esperiencia sobere a constituição do papel

  • quarta-feira | 11/07/2012 | weliton
    Usuário

    muito bom, realmente era o q eu estava precisando... valeu