Você está aqui Mundo Educação Química Química Geral Metais Pesados Classificação dos metais

Classificação dos metais

A vasta utilização de elementos químicos para o benefício do homem segue paralelamente com a enorme incidência de contaminação pelos mesmos. Afinal, como pode um mesmo elemento trazer benefícios e ao mesmo tempo ocasionar a morte de indivíduos.

Por exemplo, a ingestão de Manganês é indicada para manter nosso corpo em funcionamento, por outro lado o excesso no consumo pode provocar efeitos adversos no sistema nervoso, respiratório e outros.

Tudo isso se explica através da classificação que o metal recebe, veja:

1. Elementos essenciais: cálcio, ferro, zinco, cobre, níquel, magnésio, sódio e potássio;

2. Microcontaminantes ambientais: cádmio, mercúrio, alumínio, titânio, estanho, arsênico, chumbo e tungstênio;

3. Elementos essenciais e simultaneamente microcontaminantes: ferro, cobalto, manganês, níquel, cromo e zinco.

Os microcontaminantes são também conhecidos como metais pesados. Todas as formas de vida, desde as bactérias até mesmo o ser humano, são afetadas pela presença em abundância destes metais, mas como vimos, os mesmos são essenciais para o crescimento de todos os tipos de organismos. Então como proceder diante dessa ambiguidade? É só tomar cuidado na hora de ingerir elementos essenciais, a superdosagem não é indicada em nenhum caso.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Classificação dos metais








2 comentários

Faça seu Login

  • quinta-feira | 14/08/2014 | izalel alves
    Usuário

    e o máximo essa classificação dos metais

  • terça-feira | 21/06/2011 | alexsandra
    Usuário

    essa pág de pesquisa nos ajuda muito...