O Arsênio é um elemento químico encontrado no grupo 5A da Classificação Periódica dos Elementos, possui símbolo As com número atômico 33 e com massa atômica 75 u.

Arsênio é considerado tóxico por ser um semimetal pesado, é conhecido desde a Idade Média. Esse elemento pode ser liberado na natureza através do contato da água de rios (nascentes) com rochas que apresentam elevada concentração desse metal, está presente também em meteoritos, o que significa que é um elemento comum no Universo.

Sintomas da intoxicação por Arsênio:

- em casos menos graves provoca o aparecimento de feridas na pele que não cicatrizam;

- chegando a um estado mais crítico da contaminação podem aparecer grandenas, danos a órgãos vitais e até câncer de pele;

- em casos de ingestão pode levar à morte.

Existem mortes na História provocadas por Arsênio, inclusive quem o apresentou em 1520, o cientista Paracelso, tem sua morte suspeita de ter sido causada por auto-ingestão de sais de arsênio.

Outra morte comprovada foi a do célebre Napoleão Bonaparte. Através de exame pericial foi possível constatar compostos de arsênio nos fios de cabelo de Napoleão. Essa contaminação provavelmente teve sua origem na prisão onde esteve, na ilha de Elba, onde havia materiais vinculados ao elemento Arsênio.

No ano de 1995, na cidade de Bangladesh, na Índia, ocorreu uma contaminação por arsênio nas águas consideradas potáveis, gerando uma vasta crise de doenças provenientes desse elemento tóxico. A estimativa é que até hoje cerca de 20 a 75 milhões de pessoas no país estão ameaçadas devido ao arsênio presente na água.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Arsênio








0 comentários

Faça seu Login