Você está aqui Mundo Educação Química Química Orgânica Análise orgânica
Análise orgânica
Como é feita a análise orgânica?

Os compostos orgânicos não se encontram de forma pura na natureza, sendo assim, é preciso procedê-los a um tratamento prévio de purificação para só então utilizá-los isoladamente. Os processos mecânicos e físicos de separação como destilação, cristalização, análise cromatográfica, são definidos como análise orgânica imediata. O método permite separar os componentes da mistura sem alterar a natureza dos mesmos.

Após separar os componentes é preciso determinar quais são os elementos presentes e a quantidade respectiva, para isso utiliza-se a análise orgânica elementar que se subdivide em:

Análise elementar qualitativa: permite identificar os elementos químicos presentes no composto orgânico.

Análise elementar quantitativa: dosagem dos elementos que foram identificados.

Em alguns casos o composto orgânico que foi isolado passa por um fracionamento e o produto resulta em compostos inorgânicos ou minerais, dessa forma fica fácil dosar os componentes. Esse procedimento é conhecido como “Mineralização da substância orgânica”.

Através da mineralização é possível obter sulfetos e sulfatos através do Enxofre, haletos de prata (AgBr, AgCl, AgI) a partir de halogênios (Cl, Br, I), H2O a partir de hidrogênio, etc.

Veja mais!
Análise volumétrica

 

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Análise orgânica








0 comentários

Faça seu Login