Você está aqui Mundo Educação Matemática Logaritmos Equação logarítmica

Equação logarítmica

Podemos resolver uma equação logarítmica quando há uma igualdade entre logaritmos de mesma base ou quando igualamos um logaritmo a um número real.

Equação logarítmica
Aprenda a resolver equações logarítmicas

Quando falamos de logaritmo, devemos nos lembrar de sua definição básica:

log a b = x → ax = b

E quando pensamos em equação logarítmica, devemos unir as ideias de logaritmo com as definições básicas de funções. Alguns tipos principais de equações destacam-se, são eles:

I. Logaritmo e um número real

Acabamos de rever a propriedade básica do logaritmo, em que log a b = xax = b, lembrando que há uma condição de existência, b > 0. Vamos então ver essa mesma ideia através da equação logarítmica:

log 3 (x + 5) = 2
32 = x + 5
x + 5 = 32
x + 5 = 9
x = 9 – 5
x = 4

Vamos substituir o valor encontrado para x a fim de verificar a condição de existência:

x + 5 > 0 → 4 + 5 > 0 → 9 > 0.

Como a condição de existência foi respeitada, concluímos que a solução da equação é x = 4.

Vejamos outro exemplo:

log (3+x) (x2 – x) = 1
(3 + x)1 = x2 – x
x2 – x = 3 + x
x2 – 2x – 3 = 0

Para resolvermos essa equação, vamos utilizar a Fórmula de Bhaskara:

Fórmula de Bhaskara

Resolvendo a Equação - Passo 1

Resolvendo a Equação - Passo 2

Resolvendo a Equação - Passo 3

Resolvendo a Equação - Passo 4

Resolvendo a Equação - Passo 5

Se fizermos x' = 1 + 2, teremos x' = 3. E se fizermos x'' = 1 – 2, teremos x'' = – 1.

Vamos agora substituir os valores encontrados para x a fim de verificar a condição de existência. Para x' = 3, temos:

x2 – x = 32 – 3 = 9 – 3 = 6 > 0

Para x'' = --1,

x2 – x = (-1)2 – (– 1) = 1 + 1 = 2 > 0

Concluímos então que os resultados possíveis para essa equação são x = – 1 e x = 3.

II. Logaritmos de mesma base:

Se tivermos uma equação logarítmica do tipo log a n = log a m, já que a base é a mesma, para a igualdade ser verdadeira, é necessário que n = m. É importante ainda que n = m > 0, que é a nossa condição de existência. Vejamos um exemplo prático utilizando equação:

log 2 (4x + 5) = log 2 (2x + 11)

Nesse exemplo, a base 2 é a mesma em ambos os lados da equação, portanto, para a igualdade ser verdadeira, é necessário que 4x + 5 seja igual a 2x + 11, temos então:

4x + 5 = 2x + 11
4x – 2x = 11 – 5
2x = 6
x = 6/2
x = 3

Vamos substituir o valor encontrado para x para verificarmos a condição de existência:

4x + 5 = 4 . 3 + 5 = 12 + 5 = 17 > 0

2x + 11 = 2 . 3 + 11 = 6 + 11 = 17 > 0

Vejamos um novo exemplo:

log (x + 2) (x2 + x) = log (x + 2) 12

As bases dos logaritmos são iguais, então, para que a igualdade seja verdadeira, é necessário que x2 – 2x = 3, temos então:

x2 + x = 12
x2 + x – 12 = 0

Vamos novamente utilizar a Fórmula de Bhaskara:

Fórmula de Bhaskara

Equação - Passo 1

Equação - Passo 2

Equação - Passo 3

Equação - Passo 4

Valor X - 1

Valor X - 2

Substituindo esses valores na condição de existência, temos:

Para x' = 3,

x2 + x = 32 + 3 = 9 + 3 = 12 > 0

Para x'' = – 4,

x2 + x = (– 4)2 + (– 4) = 16 – 4 = 12 > 0

Podemos ainda trabalhar com outros dois tipos de equações, aquelas em que precisamos aplicar as propriedades do logaritmo e outras em que é necessário realizar mudança de base e substituição por uma incógnita. Você pode ver mais detalhes sobre esses casos no texto “Equação Logarítmica II”.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Equação logarítmica








2 comentários

Faça seu Login

  • segunda-feira | 03/09/2012 | Kissa
    Usuário

    ajudou-me a compreender, pois era uma das diiculdades que encarava. muito obrigado, gostei bué desta forma de explicação tão simplis de entender

  • quarta-feira | 21/03/2012 | Janaina Ribeiro
    Usuário

    Meu Deus... é complicado, hein? mas com esforço a gente aprende rs...