Você está aqui Mundo Educação Literatura Vanguardas Europeias Futurismo
Futurismo

Como o próprio nome já diz, o Futurismo é a vanguarda européia com temática futurista, como a exaltação da tecnologia, da máquina, da indústria em geral.

Esse movimento é responsável por mais de trinta manifestos, com a primeira publicação em fevereiro de 1909, pelo autor Filippo Tommaso Marinetti.

Esse manifesto, seguindo a ideologia futurista, apresenta temas que engrandece a vida moderna: o automóvel, a eletricidade, a velocidade, a máquina. Veja nos trechos do “Manifesto do Futurismo” de Marinetti:

Olhe-nos! Nós não estamos esfalfados...Nosso coração não tem a menor fadiga. Porque ele está nutrido pelo fogo., pelo ódio e pela velocidade!...Isso o espanta?”
“Nós queremos glorificar a guerra – única higiene do mundo -, o militarismo, o patriotismo, o gesto destrutor dos anarquistas, as belas idéias que matam, e o menosprezo à mulher.


Os manifestos traziam rompimento com a norma culta, com a gramática tradicional e apresentava versos livres e linguagem sem apego a normas.

Um dos manifestos futuristas, “Manifesto Técnico da Literatura Futurista”, propôs a “destruição da sintaxe”, a depreciação do adjetivo, advérbio e da pontuação. Por outro lado, apoiou a idéia de que os substantivos deveriam vir no texto ao acaso, conforme surgissem nos pensamentos.

As idéias futuristas chegaram ao Brasil através do escritor Oswald de Andrade em sua viagem à Europa. Contudo, Andrade teve contato com o Futurismo antes da adesão de Marinetti, principal divulgador dessa vanguarda, à ideologia fascista. Oswald é, portanto, o escritor responsável pela introdução do ideário futurista no Brasil, porém, com uma denotação mais suave do que o original europeu.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Futurismo








44 comentários

Faça seu Login

  • quinta-feira | 23/05/2013 | luara
    Usuário

    muitoo boom!!!!

  • terça-feira | 21/08/2012 | Tatiane
    Usuário

    Muito bom!!! a explicação

  • sábado | 11/08/2012 | Felipe Lins, O...
    Usuário

    Há que se notar que o Futurismo para a literatura é importante como Projeto Estético pela revolução da linguagem que advêm deste movimento e não enquanto ideologia.

  • terça-feira | 12/06/2012 | paulo
    Usuário

    essas coisas sao so pra complicar a gente... porem me ajudou muito waleuuu.