Você está aqui Mundo Educação História Geral Idade Antiga O código de Hamurábi

O código de Hamurábi

O código de Hamurábi
Hamurábi sistematizou um conjunto de leis escritas válido em todo Império Babilônico.

Por volta de 1900 a.C., os amoritas conseguiram subjugar os acádios e sumérios, dando origem a um novo Estado na região mesopotâmica. A chamada civilização babilônica contou com uma estrutura política centralizada que controlou, durante um longo período, vários dos povos que ocupavam boa parte da Mesopotâmia. Entre os reis que se firmaram em tal época, destacamos as ações de Hamurábi, monarca que reinou durante o século XVIII a.C..

Entre os principais feitos deste imperador, destacamos a criação do chamado Código de Hamurábi, um conjunto de leis escritas composto por cerca de 280 artigos. Cunhado em uma enorme pedra escura e registrada com uso dos caracteres da escrita cuneiforme, essas normas jurídicas tiveram grande importância na organização do Estado babilônico. Para formular esta lei, Hamurábi se baseou no princípio de uma lei mais antiga, conhecida como “Lei Talião”.

Basicamente, essa antiga lei que inspirou a criação do código era orientada pelo seguinte princípio: “olho por olho, e dente por dente”. Em um primeiro momento, podemos chegar à conclusão de que o código escrito por Hamurábi seria caracterizado por um princípio de equidade. No entanto, as punições e direitos criados por essa lei também levavam em consideração a posição social dos que estavam envolvidos em cada um das situações descritas pelo texto.

De tal forma, a punição de um crime ocorrido entre escravos não seria a mesma quando um escravo realizasse algo contra o seu senhor. Em termos históricos, o Código de Hamurábi representou uma transformação nos costumes e tradições arraigadas entre os povos mesopotâmicos. Antes de sua concepção, a maioria dos povos que habitavam esta região organizava suas leis por meio da tradição oral instituída por seus antepassados. Com a lei escrita, as imprecisões e divergências eram amenizadas.

Para que fosse possível estabelecer essa mesma lei ao longo de toda extensão do império babilônico, diversas reproduções do Código de Hamurábi foram espalhadas pelo seu território. Além de promover certo tipo de ordenação governamental, a distribuição do Código também reforçou a autoridade imperial. Não por acaso, uma representação de Hamurábi pode ser vista no topo de uma dos monólitos onde se encontra o código registrado.

Por Rainer Sousa
Mestre em História

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

O código de Hamurábi








9 comentários

Faça seu Login

  • quinta-feira | 21/03/2013 | juan
    Usuário

    muito bom

  • segunda-feira | 24/09/2012 | felipe
    Usuário

    esse sait e otimmo senpre vou fazer as minhas pesquisas aqui

  • segunda-feira | 21/05/2012 | julia
    Usuário

    ameiiii esse site ele fala coisas super legais!!!!

  • quarta-feira | 09/05/2012 | willhan
    Usuário

    é muito legal gostei de mas