Você está aqui Mundo Educação História Geral Idade Moderna Independência dos Estados Unidos

Independência dos Estados Unidos

Independência dos Estados Unidos
Colonos lutam pela independência dos Estados Unidos

Por conta das Leis Intoleráveis, o clima de combate entre as colônias inglesas e a Metrópole foi significativamente ampliado ao longo do tempo. Nessa época, os colonos enviaram seus delegados a um congresso na Filadélfia, para solicitar a anulação imediata dessas leis. Consolidou-se no congresso uma Declaração dos Direitos dos Colonos, com a finalidade de pedir a extinção das limitações ao comércio e à indústria, bem como dos impostos abusivos.

Infelizmente não houve um posicionamento mais severo para desatar os laços coloniais com a Coroa Inglesa, pois o Congresso decidiu manter lealdade à Metrópole. A reação do governo foi ríspida, colocando suas tropas contra os colonos, iniciando, assim, uma guerra civil. O embate iniciou-se em 1775 nas cidades de Lexington e Concord, assumindo uma nova proporção, pois os colonos entraram na luta pela independência.

Diante de ferrenha oposição, um segundo congresso na Filadélfia foi convocado. As posições contraídas nesse evento demonstraram explicitamente a intenção de lutar pela Independência dos Estados Unidos. Decidiu-se, então, formar um exército nacional, comandado por George Washington, e declarar guerra à Inglaterra. Grande conhecedor das ideias de John Locke e de outros pensadores iluministas, o advogado Thomas Jefferson, juntamente com Benjamin Franklin e outros intelectuais americanos escreveram A Declaração de Independência dos Estados Unidos, publicada em 4 de Julho de 1776. Veja um trecho:

Quando, no curso dos acontecimentos humanos, se torna necessário um povo dissolver laços políticos que o ligavam a outro, e assumir, entre os poderes da Terra, posição igual e separada, a que lhe dão direito as leis da natureza e as do Deus da natureza, o respeito digno às opiniões dos homens exige que se declarem as causas que os levam a essa separação.

Considerando estas verdades como evidentes por si mesmas, que todos os homens foram criados iguais, foram dotados pelo Criador de certos direitos inalienáveis, que entre estes estão a vida, a liberdade e a busca da felicidade.

Que a fim de assegurar esses direitos, governos são instituídos entre os homens, derivando seus justos poderes do consentimento dos governados; que, sempre que qualquer forma de governo se torne destrutiva de tais fins, cabe ao povo o direito de alterá-la ou aboli-la e instituir novo governo, baseando-o em tais princípios e organizando-lhe os poderes pela forma que lhe pareça mais conveniente para realizar a segurança e a felicidade.

JEFFERSON, Tomas. Declaração de Independência. In: CONSTITUIÇÃO dos Estados Unidos da América e Declaração de Independência. São Paulo: Jalovi, 1987. p.9.

Contudo, a independência não foi conquistada de forma simples e pacífica após a publicação dessa declaração. Foram necessárias muitas batalhas contra a Coroa Inglesa até que os colonos vencessem a guerra.

Os americanos, visivelmente despreparados em relação aos ingleses, foram derrotados inúmeras vezes, porém ainda assim conseguiram desestabilizar o exército britânico alcançando a vitória na Batalha de Saratoga, em 1777. Nesse período de batalhas que assolavam a América, Benjamin Franklin conseguiu apoio da França e da Espanha, e, junto com esses aliados, conseguiu definitivamente derrotar os ingleses na Batalha de Yorktown. Assim, em 1783, com o Tratado de Paris, a Coroa Inglesa reconheceu a independência das suas colônias.

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Independência dos Estados Unidos








21 comentários

Faça seu Login

  • terça-feira | 11/06/2013 | rafaela gomes
    Usuário

    muito legal essa historia da idependencia

  • domingo | 24/06/2012 | Julia
    Usuário

    me ajudem preciso saber sobre a economia da época e a educaçao na colonia

  • segunda-feira | 18/06/2012 | jdjjed
    Usuário

    Eu declarei o mundo uma bosta.

  • terça-feira | 08/05/2012 | Ana beatriz
    Usuário

    ameiii esse saite recomeno para todos .