Você está aqui Mundo Educação História Geral Idade Contemporânea Segunda Guerra Mundial Entrada dos EUA na Segunda Guerra Mundial

Entrada dos EUA na Segunda Guerra Mundial

Entrada dos EUA na Segunda Guerra Mundial
O ataque kamikaze japonês à base de Pearl Harbor foi um dos principais motivos da entrada dos EUA na Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial (1939-1945) iniciou após Adolf Hitler, líder do nazismo alemão, ter decretado a invasão da Polônia pelas tropas alemãs em 1939. Os Estados Unidos da América até então não haviam entrado na guerra, porém no ano de 1941 o presidente norte-americano Franklin Roosevelt enviou tropas do exército estadunidense para a Europa. Mas, quais foram os motivos da entrada dos EUA na Segunda Guerra Mundial? Nosso principal objetivo será esclarecer essa questão.

O Japão, pertencente ao bloco do Eixo, composto pela Alemanha e Itália, iniciou uma política de expansão territorial, suas pretensões voltaram-se para o sudeste asiático (onde se encontravam possessões coloniais europeias). Além da expansão territorial, os japoneses visavam dominar a exploração de recursos minerais e vegetais da região, ou seja, das matérias-primas, como o petróleo, o estanho, a borracha e o arroz.

Seguindo o plano de expansão territorial, os japoneses somente teriam que derrotar a marinha norte-americana no oceano Pacífico. Com esse intuito, em dezembro de 1941, a base de Pearl Harbor, no Havaí, pertencente aos EUA, foi atacada de surpresa pela Força Área do Japão, este fato ficou marcado na história como o ataque suicida dos kamikazes japoneses, um heterodoxo ataque, onde os pilotos japoneses jogaram seus aviões contra a base norte-americana. Ao final do ataque, o empreendimento realizado pela esquadra japonesa surtiu efeito, Pearl Harbor foi totalmente destruída e o Japão teve 29 aviões abatidos.

A partir de então, o presidente Roosevelt, dos EUA, enviou tropas norte-americanas para combater na Segunda Guerra Mundial, porém este fato não foi o único motivo da entrada dos EUA na guerra. Durante algum tempo, Roosevelt realizava acordos diplomáticos com o Primeiro-Ministro inglês Winston Churchill; juntos, assinaram o documento denominado Carta do Atlântico, cujo teor era contrário à ideologia e à política totalitária nazifascista.

A entrada dos EUA foi fator primordial para a vitória dos Aliados (Inglaterra, França, Rússia), os norte-americanos possuíam um forte e organizado exército e uma enorme capacidade bélica. A primeira vitória estadunidense durante a Segunda Guerra Mundial aconteceu na Batalha de Midway em 1942, derrotando a marinha japonesa.

No ano de 1943, Roosevelt enviou um grande contingente de soldados norte-americanos para a África, mas especificamente para o Egito, onde venceram as tropas alemãs na Batalha de El Alamein. Outra importante participação dos EUA na Segunda Guerra foi o desembarque na Normandia (França), juntamente com os aliados venceram o exército alemão e a cidade de Paris voltou para o controle da França, antes dominada pelos alemães.

Em 1945 as tropas norte-americanas finalizaram a guerra utilizando pela primeira vez na história uma arma nuclear, a bomba atômica. Os EUA bombardearam as cidades de Hiroxima e Nagasáqui, deixando uma vasta destruição humana e natural com a radioatividade nuclear, selando uma nova fase na história da humanidade.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Entrada dos EUA na Segunda Guerra Mundial








10 comentários

Faça seu Login

  • quarta-feira | 30/04/2014 | Sérgio C.
    Usuário

    O fato não relatado é que o ataque a P. Harbor foi em 1941 (há evidências de que tenha sido "facilitado" pelos Estados Unidos para justificar a entrada na guerra) e a Bomba atômica foi em 1945, 4 meses depois do fim da II Guerra Mundial e após o Japão haver se rendido. Puro e simples golpe baixo (mesmo para situação de guerra, até mesmo porque matou mais de 220.000 civis). Quem decidiu o fim da guerra foram os Soviéticos que tomaram Berlin após batalhas duríssimas. Quero aclarar que não estou fazendo propaganda política para os soviéticos, mas os fatos históricos estão distorcidos. Os EUA ajudaram, mas não decidiram, nem de longe, o fim da guerra. Que na verdade culminou com o suicídio de Hitler e a rendição da Alemanha após a entrada e controle do Exército Vermelho sobre Berlin

  • quinta-feira | 08/08/2013 | Bruno
    Usuário

    Excelente texto!! Parabéns!!

  • domingo | 16/06/2013 | Catana
    Usuário

    Muito legal!!

  • quinta-feira | 13/06/2013 | Luana de Souza...
    Usuário

    Essa pagina é otima,me ajudou mto....