A Conjuração Baiana
Reunião dos Cavaleiros da Luz discutindo o fim da opressão colonial.

A Conjuração Baiana, também conhecida como Revolta dos Alfaiates, foi um movimento separatista que contou com a participação de sapateiros, alfaiates, bordadores, ex-escravos e escravos. Em um outro campo de ação, essa revolta também teve o apoio de padres, médicos e advogados.

Para compreender a deflagração do movimento, devemos nos reportar à transferência da capital para o Rio de Janeiro, em 1763. Com tal mudança, Salvador (antiga capital) sofreu com a perda dos privilégios e a redução dos recursos destinados à cidade. Somado a tal fator, o aumento dos impostos e as exigências coloniais vieram a piorar sensivelmente as condições de vida da população local.

Ao mesmo tempo, as notícias do êxito alcançado nos processos de independência dos Estados Unidos e Haiti e a deflagração da Revolução Francesa trouxeram os ideais de liberdade e igualdade defendidos pelo pensamento iluminista. Empolgados com tais processos revolucionários, alguns representantes dos setores médios e das elites ligados à maçonaria montaram uma sociedade secreta denominada “Cavaleiros da Luz”. Durante suas reuniões, os cavaleiros da luz discutiam a organização de um movimento anticolonialista e a criação de um novo governo baseado em princípios republicanos e liberais.

Podemos dizer que a participação dos Cavaleiros da Luz foi relativamente limitada. Muitos de seus integrantes não concordavam nas discussões de cunho social, como no caso da abolição da escravidão. Paralelamente, seus participantes distribuíam panfletos convocando a população a se posicionar contra o domínio de Portugal. Com a delação do movimento, seus representantes foram presos pelas autoridades coloniais.

Os membros da elite que estavam envolvidos no movimento foram condenados a penas mais leves ou tiveram suas acusações retiradas. Em contrapartida, os populares que encabeçaram o movimento conspiratório foram presos, torturados e, ainda outros, mortos e esquartejados. Buscando reprimir outras revoltas, o governo português expôs os restos mortais de alguns dos revoltosos espalhados pela cidade de Salvador.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

A Conjuração Baiana








64 comentários

Faça seu Login

  • quarta-feira | 28/05/2014 | wilys
    Usuário

    Muito Bem escrito adorei , gostei Muito espere que vocês também Gosteim ?

  • quinta-feira | 15/05/2014 | iliam
    Usuário

    gostei muito

  • quinta-feira | 19/12/2013 | jacyele gleybson
    Usuário

    gostei do texto espero que me ajude a passa de ano

  • quarta-feira | 12/06/2013 | nathalia...
    Usuário

    me ajudou muito parabens rsrsrsrsrs