Você está aqui Mundo Educação Gramática Estrutura e formação das palavras Processo de formação das palavras

Para que haja a comunicação, seja escrita ou falada, dois componentes principais participam deste processo, que são as palavras e a nossa capacidade cognitiva.

Por meio de uma combinação e recombinação de morfemas, surgem as palavras que vão se interagindo ao nosso vocabulário e nos fazendo seres cada vez mais aptos a exercer a nossa competência linguística.
Mas quantas vezes durante uma conversa informal nos surpreendemos falando ou ouvindo uma palavra até então desconhecida?
Tal processo denomina-se neologismo, que é o surgimento de palavras ainda não incorporadas ao dicionário, mas que com o passar do tempo, isso acontece, pois vão se tornando usuais pelos falantes. Uma boa sugestão para verificarmos o uso de neologismos, é lendo a obra - Grande Sertão Veredas, de Guimarães Rosa.
Agora veremos como realmente acontece o processo de formação: por Derivação e por Composição.
Vários são os tipos de derivação:

Prefixal - Resulta do acréscimo de prefixo à palavra primitiva, formando assim uma infinidade de novas palavras a partir do radical. Como exemplo temos:

POR - compor - dispor - contrapor- recompor - repor

Sufixal- Consiste em acrescentar sufixo a um radical já existente. Note:

TERR - terreiro - terra- terreno - terraplanagem

Parassintética ou Parassíntese - Ocorre quando a palavra resulta do acréscimo do sufixo e do prefixo simultaneamente.
TERR - enterrar TARDE - entardecer TRISTE - entristecer

Regressiva - Ocorre quando se elimina a parte final de uma palavra primitiva, obtendo por esta redução, uma palavra derivada. Torna-se até produtivo no que se refere à formação de substantivos a partir de verbos. Exemplificando, obtém-se:
Vender - venda
Ajudar - ajuda
Auxiliar - auxílio
Sacar - saque

Imprópria - é quando uma palavra, sem sofrer nenhuma alteração por sufixo ou prefixo, muda sua classe gramatical de acordo com o contexto em que está inserida. Perceba:
O não é uma péssima resposta. O não, que é um advérbio de negação, está desempenhando o papel de substantivo.

A composição, como o próprio nome diz, consiste em formar palavras compostas a partir de palavras simples.
Há dois tipos de composição, entre elas estão:

Composição por justaposição - Ocorre quando os elementos são apenas justapostos, sem perda de nenhum fonema. Como por exemplo:
Guarda + roupa - guarda-roupa
Passa + tempo - passatempo
Segunda + feira – segunda-feira

Composição por aglutinação - Consiste em aglutinar os elementos para formar o composto, porém um deles perde sua unidade sonora, ou seja, fonema.
Água + ardente - aguardente (houve perda do “a”)
Plano + alto - planalto (houve perda do “o”).

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Processo de formação das palavras








5 comentários

Faça seu Login

  • sexta-feira | 21/03/2014 | joel arthur...
    Usuário

    Gosteiteud continuem assim!!!!

  • terça-feira | 07/05/2013 | Natsu...
    Usuário

    goxtei da informacao

  • segunda-feira | 14/05/2012 | lucas rafael
    Usuário

    muito legal gostei ajudou bastante vlw ai pela ajuda um abração pra vcs

  • segunda-feira | 09/05/2011 | Deivilyn
    Usuário

    gostei muito