Você está aqui Mundo Educação Geografia Geografia ambiental Poluição hídrica

Poluição hídrica

A poluição hídrica, causada pela atuação indevida das práticas humanas, pode gerar impactos sobre as espécies e provocar a escassez desse recurso natural.

Poluição hídrica
A poluição hídrica afeta a disponibilidade de água e outros recursos naturais

A poluição hídrica corresponde ao processo de poluição, contaminação ou deposição de rejeitos na água dos rios, lagos, córregos, nascentes, além de mares e oceanos. Trata-se de um problema socioambiental de elevada gravidade, pois, embora a água seja um recurso natural renovável, ela pode tornar-se cada vez mais escassa, haja vista que apenas a água potável é própria para o consumo.

A principal causa da poluição das águas é o desenvolvimento desenfreado das atividades econômicas, sobretudo nas cidades, com o aumento da deposição indevida de rejeitos advindos do sistema de esgoto e saneamento. Outra causa também apontada é o destino incorreto do lixo por parte da população, que atira objetos nos cursos d'água por pura falta de conscientização ambiental.

Há de se levar em consideração que, em uma bacia hidrográfica, tudo o que é gerado em sua área de abrangência é escoado para o leito do seu rio correspondente. Dessa forma, o aumento da poluição no espaço das cidades gera uma maior carga de poluentes para o leito dos rios que cortam essas áreas urbanas. No campo, o mesmo procedimento acontece, quando o uso indiscriminado de agrotóxicos faz com que os recursos hídricos sejam contaminados, uma vez que essa carga toda de compostos químicos acaba se destinando ao lençol freático ou ao curso d'água mais próximo.

Com o desenvolvimento das sociedades e a intensificação do processo de industrialização, além da introdução de novas técnicas de plantio no campo, cada vez mais as reservas hídricas encontram-se poluídas, o que gera uma maior escassez de lugares que podem ser aproveitados para a utilização da água para consumo e outras funções.

Nos mares e também nos oceanos, também há muita poluição, gerada tanto pelo destino indevido do lixo em práticas turísticas e de lazer nos ambientes litorâneos quanto, em alguns casos, pelo derramamento de petróleo, que é de difícil controle.

Poluição da água gerada por derramamento de Petróleo na Tailândia em 2013
Poluição da água gerada por derramamento de Petróleo na Tailândia em 2013

As consequências da poluição das águas são diversas. A primeira, como já dissemos, é a perda dos recursos hídricos para consumo. Além disso, vale lembrar que esses locais são o habitat de várias espécies, algumas delas em risco de extinção.

Outro efeito da poluição hídrica é a ocorrência de um fenômeno chamado de eutrofização da água. Esse processo consiste na presença excessiva de nutrientes oriundos de produtos químicos que contaminam os rios, provocando a proliferação desenfreada de algas e cianobactérias, que impedem a entrada de luz nos ambientes fluviais e reduzem a disponibilidade de oxigênio na água, o que pode gerar a morte de incontáveis espécies.

Para combater a poluição das águas, é preciso intensificar as campanhas de conscientização ambiental, promover medidas de controle e fiscalização, além de se realizar o correto manejo dos resíduos sólidos e o tratamento da água. É necessário, pois, que sejam adotadas medidas sustentáveis, sobretudo no sentido de garantir esse e outros recursos naturais para as gerações futuras.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Poluição hídrica








2 comentários

Faça seu Login

  • quarta-feira | 04/03/2015 | gustavo
    Usuário

    gostaria de saber a data que essa peaquisa foi publicada

  • quinta-feira | 05/03/2015 | Dalila Matias
    0 0

    Olá Gustavo. O presente artigo foi publicado em dezembro de 2014. Att, Equipe Mundo Educação.