Você está aqui Mundo Educação Geografia Geografia humana Fusos horários
Fusos horários
Mapa que mostra os fusos horários nos países do globo terrestre

A hora marcada em nosso relógio não é a mesma hora de uma pessoa que mora no Japão. Enquanto que aqui no Brasil é dia, lá é noite, e vice-versa. Por que isso acontece? Essa diferença de hora está relacionada ao movimento de rotação da Terra e ao movimento aparente do sol.

No passado, antes do século XIX, as horas marcadas baseavam-se no movimento aparente do sol. Entretanto, o movimento de rotação da Terra não produz dias e noites iguais, e, por praticidade, adotou-se um tempo solar em que dia e noite tinham a mesma duração.

Mas essa praticidade durou somente até o século XIX, quando as pessoas começaram a deslocar-se de um lugar para o outro com mais intensidade. Dentro de um mesmo país, viram que existia uma diferença de hora de um lugar para outro, e isso causava grandes transtornos.

Para padronizar a hora internacional e sanar o problema, foi realizada a Conferência Internacional do Meridiano, no ano de 1884. Nesse evento, realizado em Washington (EUA), definiu-se um meridiano que seria o ponto zero, servindo de padrão para todas as nações mundiais, criando os fusos horários.

Assim, por votação, estabeleceu-se que o Meridiano Zero passaria no Observatório Astronômico de Greenwich, na Inglaterra, próximo a Londres. Isto é, o Meridiano de Greenwich passa a ser a referência da hora oficial mundial, a chamada hora GMT (Greenwich Mean Time).

A partir de então definiu-se os seguintes regulamentos:

  • A Terra possui 360° de esfera terrestre com o tempo de duração do movimento de rotação de 24 horas (valor arredondado). Logo, 360° ÷ 24h = 15º por hora. Portanto, a cada 15° no movimento de rotação tem-se uma hora.
  • O fuso horário referência, de Greenwich, tem a extensão de 7°30’ a leste e 7°30’ a oeste.
  • São, ao todo, 24 fusos horários. 12 ao Oeste e 12 ao Leste de Greenwich.
  • Para identificação da mudança dos fusos horários, adotou-se os sinais de “+ (mais)”, indicando as horas adiantadas, e “– (menos)“, indicando as horas atrasadas, sempre em relação a Greenwich.
  • Os fusos horários situados a Leste são adiantados em relação a Greenwich, enquanto que os fusos a Oeste estão atrasados. Isso acontece porque a Terra gira de Oeste para Leste, ou seja, o Sol “nasce” a Leste indo em direção ao Oeste.

Por vezes, alguns países são cortados por mais de um fuso horário, como é o caso Brasil. Por isso mesmo, muitos fizeram adaptações dos fusos oficiais aos limites jurídicos de seus territórios, a fim de não gerar transtornos econômicos e sociais.

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Fusos horários








5 comentários

Faça seu Login

  • quarta-feira | 22/08/2012 | Rute velame
    Usuário

    é legal estudar fuso horario

  • quinta-feira | 09/08/2012 | gabriel
    Usuário

    muito legal e muito bom pra fazer trabalho aqui sobre o meridino sobre fuso horarios etc...

  • quarta-feira | 16/05/2012 | Carol
    Usuário

    Adoro aqui ! Esse lugar me ajudou muitoooooo

  • quinta-feira | 12/04/2012 | julia
    Usuário

    adorei obrigado