Você está aqui Mundo Educação Geografia Geografia humana Fatores locacionais da indústria

Fatores locacionais da indústria

A atividade industrial é a principal fonte de atração demográfica, urbana e econômica de determinado território. Mas o que interfere em sua localização? Por que uma indústria se encontra em uma determinada localidade espacial e não em outra? A resposta para essas questões é chamada de fatores locacionais, que são as vantagens competitivas que as empresas e as indústrias veem em um determinado local que atraem seus respectivos investimentos.

Na escolha da localização de uma indústria, não é considerado somente um fator, mas sim todos aqueles que são benéficos à indústria. Uma ressalva para indústrias mineradoras, que se localizam em lugares onde a matéria-prima está disponível. Um exemplo clássico são as indústrias do século XVIII, que deveriam ficar próximas à sua matéria-prima de fonte energética: o carvão.

Atualmente, conforme a mudança nos tipos de indústria, sua localização não será tão somente em função da proximidade de sua matéria-prima.

Porém, quais são os fatores locacionais?

Os fatores locacionais determinam a localização de uma indústria

Podemos enumerar oito tipos principais, a saber:

Transporte: envolve infraestrutura (qualidade, disponibilidade e meios); custos dos transportes; novas tecnologias e meios de transportes. Para cada tipo de produto da indústria há um meio de transporte adequado.

Energia: infraestrutura de energia em uma dada região, como a disponibilidade, estrutura de transmissão e novas tecnologias.

Mercado-Consumidor: tamanho do mercado, juntamente com as características socioculturais do consumidor e seu poder aquisitivo. Acesso físico do cliente ao produto (no caso, os meios de transporte).

Matérias-primas: é um fator locacional clássico. Envolve a disponibilidade, o tipo e a qualidade da matéria-prima, como também seu custo e transporte.

Mão de obra/força de trabalho: envolve a disponibilidade, produtividade, qualificação, nível de organização e salários, como também as regras jurídicas que variam de acordo com cada país ou região de um mesmo país.

Incentivos fiscais: é quando o governo concede isenções de impostos, como o ICMS, às indústrias, para instalarem-se em seu território. Em muitos casos, há também a concessão de terrenos para a instalação da unidade produtiva da fábrica. No Brasil, instalou-se nos últimos anos uma “guerra fiscal” entre municípios e estados da federação para a atração de indústrias para seus respectivos territórios.

Ciclo do produto: segundo o economista George Benko, para cada fase de produção de um objeto industrial existe uma lógica espacial. De acordo com Benko, um produto pode ter três fases de produção: desenvolvimento, estandardização ou amadurecimento e declínio. Cada fase requer um tipo de força de trabalho mais representativa e um local de produção mais apropriado, segundo a lógica capitalista.

Disponibilidade de Capital: refere-se à disponibilidade do mercado em dispor, sempre que necessário, ao empresário, recursos em dinheiro para novos investimentos, bem como um ambiente propício aos negócios (relações financeiras) para trocas de capitais (bancos, empresas, etc.).

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Fatores locacionais da indústria








5 comentários

Faça seu Login

  • domingo | 02/11/2014 | lary stefany
    Usuário

    adorei me ajudopu muito mesmo muito obrigada!

  • quarta-feira | 19/06/2013 | janete
    Usuário

    o dgg

  • quarta-feira | 21/11/2012 | willian
    Usuário

    Muito bom , nota 10 !

  • quarta-feira | 07/11/2012 | caroline mendes
    Usuário

    *adoréi , me ajudou muito , muito mesmo.