Apec

A Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico (Apec) é um dos principais blocos da atualidade, envolvendo gigantes como Estados Unidos, China, Japão, Austrália e Rússia.

Apec
Logomarca da APEC

A Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico – sigla do inglês Asia-Pacific Economic Cooperation – (Apec) é um bloco econômico formado por países asiáticos, americanos e da Oceania. Basicamente, envolve uma rota comercial que segue pelo Oceano Pacífico, uma substituição da predominância histórica do comércio mundial realizado pelo Atlântico.

Esse bloco econômico surgiu a partir da antiga Associação das Nações do Sudeste Asiático (Asean), que não era um bloco propriamente dito, mas um espaço de discussão entre os países-membros para melhor definir os rumos comerciais entre eles. A criação da Asean ocorreu em 1989 e sua transformação em Apec aconteceu em 1994 durante a Conferência de Seatle.

Atualmente, a Apec conta com 21 países-membros, a saber: Austrália, Brunei, Canadá, Cingapura, Chile, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, Filipinas, Hong Kong, Indonésia, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Papua-Nova Guiné, Peru, Rússia, Tailândia, Taiwan e Vietnã.

Mapa dos países-membros da Apec *
Mapa dos países-membros da Apec *

O objetivo da Apec é promover, através de uma Zona de Livre Comércio, o crescimento econômico, a integração comercial, os negócios e os investimentos na região da Ásia-Pacífico. Trata-se de um dos maiores blocos do mundo em termos numéricos absolutos e também o que mais cresce comercialmente nos tempos atuais. A APEC, entre 1994 e 2008, cresceu comercialmente em incríveis 395%, respondendo por mais da metade das trocas comerciais realizadas em todo o mundo, totalizando um PIB superior a 17 trilhões de dólares.

O peso da representatividade da Apec deve-se ao fato de esse bloco trazer consigo várias das principais potências econômicas do mundo, com destaque para os Estados Unidos (e por extensão, todo o Nafta), a China, o Japão, a Rússia e a Austrália.

Além de envolver amplas trocas comerciais, a Apec possui alguns objetivos secundários, como a cooperação de tecnologias entre os seus membros, a melhoria nos índices de saúde e educação, o combate à corrupção e a elevação da qualidade de vida das populações. Além disso, esse bloco garante certa influência dos Estados Unidos na Ásia e na América Andina, além de favorecer a expansão comercial chinesa para os demais países emergentes e subdesenvolvidos.

Reunião dos líderes dos países-membros da Apec em 2007, na Austrália
Reunião dos líderes dos países-membros da Apec em 2007, na Austrália

Apesar de ser um dos mais importantes blocos econômicos, a Apec ainda carece de uma maior predominância no plano político, diferentemente do que ocorre com outros blocos, como a União Europeia e o Nafta. Isso porque os seus membros são muito heterogêneos, e as distâncias geográficas e os distintos interesses tornam impossíveis o estabelecimento de metas como a total integração, a livre circulação de pessoas e a utilização de uma moeda única.

O crescimento da Apec representa, de certa forma, um entrave para o crescimento do Brasil, por barrar, em partes, as investidas do Mercosul na América do Sul e servir de páreo para a integração dos Brics, grupo dos países emergentes formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

______________________

* Créditos da imagem: Jjw / Wikimedia Commons

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Apec








63 comentários

Faça seu Login

  • terça-feira | 11/03/2014 | sadsfdsfd
    Usuário

    muitooooo booooom cara

  • segunda-feira | 10/06/2013 | adriel amaral
    Usuário

    Nossa muito bom aprendi bastante com essa exsplicaçao !!! muito obrigadooo!!!;)

  • quarta-feira | 17/04/2013 | quel
    Usuário

    muito legal me ajudou na pesquisa !

  • quinta-feira | 11/04/2013 | VINICIUS
    Usuário

    muito obrigado isso me ajudou bastante em minha pesquisa