Você está aqui Mundo Educação Física Mecânica Unidades de Pressão

Unidades de Pressão

Você, em algum momento de sua vida, já deve ter ouvido as expressões: trabalhar sob pressão, a pressão da vida moderna, pressão alta, pressão baixa, depressão, entre outras. Quantas vezes não lemos ou ouvimos a palavra “pressão”! Essas expressões têm significados diferentes, porém, a origem das palavras é a mesma.

Pressão é a relação entre a intensidade de uma força que age perpendicularmente sobre uma superfície e a área dessa superfície. Matematicamente, temos que a pressão é dada por:


Essa equação implica que a pressão é inversamente proporcional à área e diretamente proporcional à força aplicada em uma determinada superfície.
A unidade de pressão no sistema internacional (SI) é o N/m² (Newton por metro quadrado), que também pode ser chamada de pascal, cujo símbolo é Pa.
Existem algumas unidades práticas de pressão, derivadas da pressão hidrostática phidr, das quais as mais importantes derivam da experiência de Torricelli.

Torricelli encheu com mercúrio um tubo de vidro com cerca de 1 metro de comprimento. Tampou com o dedo sua extremidade aberta e o mergulhou em um recipiente que também continha mercúrio. Torricelli verificou que a coluna do tubo desceu até se equilibrar a uma altura de 76 cm do nível de mercúrio do recipiente.
Com esse experimento ele concluiu que a pressão exercida pelo ar, isto é, a pressão atmosférica patm equivale à pressão exercida por uma coluna de mercúrio com 76 cm de altura ao nível do mar. Daí o hábito de dizer que a pressão atmosférica ao nível do mar vale uma atmosfera (1 atm).
Então podemos concluir que as unidades de pressão são: 

- Atmosfera (atm): pressão que exerce na sua base uma coluna de mercúrio de 76 cm de altura, a 0º C e em um local onde g = 9,8 m/s2. 
- Centímetro de mercúrio (cmHg): pressão que exerce na sua base uma coluna de mercúrio de 1 cm de altura, a 0 ºC e em um local onde g = 9,8 m/s². 
- Milímetro de mercúrio (mmHg): pressão que exerce na sua base uma coluna de mercúrio de 1 mm de altura, a 0 ºC e em um local onde a gravidade é 9,8 m/s².

Considerando para o mercúrio densidade igual a 13,6 g/cm³ ou 13,6 . 10³ kg/m³ e g = 9,8 m/s², temos que:

1 cmHg = d . g . h = 13,6 . 10³ . 9,8 . 10-2 → 1 cm Hg = 1,33 . 10³ N/m²
1 mmHg = d . g .h = 13,6 . 10³ . 9,8 . 10-3 → 1 mmHg = 1,33 . 10² N/m²
1 atm = d . g . h = 13,6 . 10³ . 9,8 . 76 .10-2 → 1 atm = 1,013 . 105 N/m2

Normalmente, utiliza-se o valor de 1 atm como sendo 105 N/m2.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Unidades de Pressão








0 comentários

Faça seu Login