Você está aqui Mundo Educação Física Termologia O efeito joule e suas aplicações

O efeito joule e suas aplicações

O efeito joule e suas aplicações
Efeito joule na lâmpada incandescente

Quando a corrente elétrica percorre um condutor como, por exemplo, um metal, faz com que esse se aqueça, transformando, dessa forma, a energia elétrica em energia térmica. Esse fenômeno de conversão de energia nos condutores, energia elétrica em térmica, foi estudado e descoberto no século XIX pelo cientista e físico britânico James P. Joule. É em homenagem a ele que esse efeito tem o seu nome, efeito joule.

O efeito joule ocorre em decorrência dos inúmeros choques que ocorrem entre os elétrons que formam a corrente elétrica e os átomos ou moléculas que fazem parte da composição do material condutor. Com os choques os elétrons adquirem energia cinética e parte dela é transferida para os átomos do condutor, fazendo com que esses se agitem mais com esse acréscimo de energia. O aumento no grau de agitação das partículas ocorre em conseqüência do aumento da temperatura, e é através desse aumento de temperatura que aparece a incandescência, que nada mais é que a luz emitida em virtude do aquecimento.

Esse fenômeno tem larga utilização no cotidiano como, por exemplo, em equipamentos de aquecimento como o ferro elétrico, o chuveiro elétrico, a prancha alisadora, o forno elétrico, etc. todos esses equipamentos são compostos, basicamente, por uma resistência que quando percorrida pela corrente elétrica é aquecida, transformando energia elétrica em térmica, ou seja, calor. Outra aplicação prática do efeito joule no cotidiano está nas lâmpadas incandescentes. Criada no século XIX pelo inventor Thomas Edison, ela possui em seu interior um filamento de tungstênio, um metal com ponto de ebulição muito elevado, que ao ser percorrido pela corrente elétrica se aquece, podendo chegar a temperaturas de 2500 °C, tornado-se incandescentes e emitindo luz.

Na construção de fusíveis o efeito joule também é aplicado. Fusíveis são dispositivos constituídos por um filamento metálico de baixo ponto de fusão. Dessa forma, quando a corrente elétrica que passa pelo fusível ultrapassa um determinado valor, o calor que é originado pelo efeito joule provoca a fusão do filamento, interrompendo a corrente elétrica. Eles são utilizados como limitadores de corrente elétrica que passa em um circuito elétrico. São encontrados em veículos automotivos, residências, aparelhos elétricos, etc.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

O efeito joule e suas aplicações








5 comentários

Faça seu Login

  • quinta-feira | 02/05/2013 | Bárbara Shué...
    Usuário

    muito legal e interessante esse assunto sobre o efeito joule recomendo a todos que gostam de estudar física o site mundoeducacao esta de parabéns bem informados

  • quarta-feira | 11/01/2012 | Ygor Moura
    Usuário

    legal essas aplicações do efeito joule.

  • quarta-feira | 31/08/2011 | rodney
    Usuário

    esse artigo está muito bom com resumos bem elaborados e inteligentes

  • sexta-feira | 02/07/2010 | jayane Bleiny
    Usuário

    Esse artigo está muito legal...Apresentando de forma clara e simples, tornando bem fácil a compreensão.