Você está aqui Mundo Educação Educação Uma nova prática inclusiva

Uma nova prática inclusiva

Uma nova prática inclusiva
O processo de educação inclusiva

O programa de educação inclusiva tem como objetivo colocar em prática uma nova definição, tornando a educação capaz de acolher todo indivíduo, independente das diferenças, eliminando os preconceitos existentes entre os diversos povos e culturas.
Segundo dados do MEC (Ministério da Educação) e SEESP (Secretaria de Educação Especial de São Paulo), o programa de educação inclusiva tem oferecido melhores condições e permanência nas escolas com necessidades educacionais especiais e classes comuns da rede regular de ensino.
A educação inclusiva é tida como uma questão que envolve os direitos humanos de um indivíduo, mas infelizmente o histórico da deficiência no mundo apresenta uma realidade deprimente. Segundo estudiosos, somente por volta dos anos 90 que iniciaram as construções de novas visões da deficiência mental.
Para um educador poder desenvolver um bom trabalho no processo de construção de uma Educação Inclusiva é necessário ocorrer mudanças na questão de gestão escolar, preparando professores nas metodologias que envolvem a educação inclusiva, de forma que venha solucionar as necessidades dos alunos.
Os educadores devem ter o entendimento claro de que o indivíduo com deficiência deve ser inserido no espaço da escola de forma complexa, sem ter nenhum tipo de tratamento ou conduta especial que venha excluí-lo das dinâmicas escolares. Aspectos importantes devem ser observados e sugeridos, segundo doutores na vivência da Educação Inclusiva:

• Conscientizar a comunidade de que o deficiente não vai atrapalhar a aprendizagem dos demais.
• Ter como Filosofia da Educação a consideração às diferenças no aprendizado.
• Ter uma equipe de professores preparados para momentos inusitados.
• Matricular o aluno especial na sala de aula conforme sua idade cronológica.
• Avaliar a aprendizagem do aluno conforme seu potencial.
• Quando necessário, solicitar à família atendimento médico para o aluno.
• Não deixar de aplicar certos conteúdos ao aluno, temendo seu aprendizado e outros.
Segundo dados do MEC (Ministério da Educação) e SEESP (Secretaria de Educação Especial de São Paulo), no processo de formação de gestores e educadores dos sistemas educacionais de inclusão, determinados eixos temáticos são considerados como prioridade nessa formação. Conheçam quais são eles:

Eixos Temáticos da formação de Gestores e Educadores /2005-2006
• Inclusão: Um Desafio para os Sistemas Educacionais
• Fundamentos e Princípios da Educação Inclusiva
• Valores e Paradigmas na Atenção às pessoas com Deficiência
• Diversidade Humana na Escola
• Fundamentos Legais para a Implantação do Sistema Educacional Inclusivo
• Concepções, Princípios e Diretrizes de um Sistema Educacional Inclusivo: o Município, a Escola e a Família.
• Escola e Família: Um Compromisso Comum em Educação
• Educação Infantil no Sistema Educacional Inclusivo
• Orientações e Marcos Legais para a Inclusão
• Experiências Educacionais Inclusivas
• Atendimento Educacional Especializado para Deficiência Mental
• Tecnologias Assistivas no Processo Educacional
• Surdocegueira: Processo de Ensinar e Aprender
• Educação de Alunos com Superdotação/Altas Habilidades
• Inclusão de Alunos Surdos/Deficiência Auditiva
• Inclusão de Alunos Cegos/Deficiência Visual
• Inclusão de Alunos com Autismo.
O ideal é que todas as pessoas que estão envolvidas no processo educacional de inclusão, desde a família até o educador, tenham a consciência da importância de evoluir, com o objetivo de fazer uma revolução educacional de forma que venha enriquecer o progresso da Educação Inclusiva.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Uma nova prática inclusiva








5 comentários

Faça seu Login

  • terça-feira | 13/12/2011 | alice
    Usuário

    muito bom gostei de ver o que vcs estão fasendo por essas crianças

  • sexta-feira | 19/08/2011 | terezinha de...
    Usuário

    A educação inclusiva na verdade ainda está muito distante do que dizem os teóricos a quem nos deportamos,pois soun professora e tenho portadores de necessidades educativas especiais,sou especializanda nessa área,mas porém ainda é um caos o nosso dia a dia com essa clientela.

  • quarta-feira | 02/02/2011 | Ariovaldo...
    Usuário

    Texto muito bem produzidos e muito bem referendados, deu-me o prazer agradável de uma boa leitura. Legal!

  • quinta-feira | 18/11/2010 | Maria Ivanilde...
    Usuário

    Gostei muito de pesquisar sobre uma nova prática inclusiva,foi esclarecedor.Nota dez!