Você está aqui Mundo Educação Educação O Desafio da Qualidade de Ensino na Educação

O Desafio da Qualidade de Ensino na Educação

É importante que o Brasil coloque a educação no topo de prioridades para alcançar um ensino de qualidade para a sociedade.

O Desafio da Qualidade de Ensino na Educação
Ensino de qualidade: direito de todos.

É de extrema importância para a sociedade que o país coloque a educação no topo das prioridades.
Ressalta-se que se essa iniciativa for realizada, a probabilidade de atingir um ensino de qualidade é grande.

É perceptível o grande desestímulo por parte dos profissionais da escola, equipes sem incentivo, mal remuneradas e principalmente o desinteresse por parte das famílias em relação ao que acontece com seus filhos no ambiente escolar.
Os grandes problemas na Educação são: exclusão, evasão, retenção e baixo nível de aprendizagem.

De acordo com pesquisas realizadas, 97% das crianças brasileiras entre 7 a 14 anos estão na escola e o restante 31%, que corresponde a 1,5 milhão de crianças, estão excluídas da formação escolar.

Uma pesquisa realizada pelo Instituo Paulo Montenegro revelou que 74% dos brasileiros são analfabetos funcionais, ou seja, não são capazes de realizar a leitura de um texto como este devido à dificuldade de interpretação. De cada 4 pessoas somente uma consegue entender um texto complexo.

 Na atualidade, momento no qual a globalização lidera, não há como sobreviver sem ter o domínio de competências básicas, como essa.
O ideal é que os educadores atinjam o governo, no sentido de conscientizá-lo da importância da educação, investindo mais recursos em escolas e professores, estabelecendo uma política em longo prazo.

Se houver uma união entre educação e governo será possível oferecer um ensino de qualidade para todo cidadão brasileiro.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

O Desafio da Qualidade de Ensino na Educação








1 comentários

Faça seu Login

  • sexta-feira | 20/08/2010 | João Baista de...
    Usuário

    para o gov. é interessante ter cidadãos leigos, quém; não conhece seus direitos não pode reclama-los. dai os baixos investimentos em educação. temos gastos astronômicos com esporte, porque não com educação de qualidade?