Você está aqui Mundo Educação Doenças Doenças psicológicas Transtorno Bipolar

O transtorno afetivo bipolar é uma doença que se refere ao humor ou afeto. A característica do transtorno afetivo bipolar é a alteração do humor com episódios depressivos e maníacos no decorrer da vida.

 Os sintomas do TAB são estáveis, porém é uma doença que apresenta uma complexidade e um quadro clínico diverso.

Alguns dos sintomas da fase maníaca são: hiperatividade, sentimento de grandeza, sentimento de alegria e bem estar inabaláveis, necessidade de sono diminuída, comportamento sexual desinibido e promíscuo. Já na fase depressiva, a pessoa apresenta sentimentos de tristeza, desespero e auto-estima baixa.

A característica fundamental do Transtorno Bipolar é assinalada pelo acontecimento de um ou mais Episódios Maníacos ou Episódios Mistos.

As causas do TAB podem estar relacionadas à hereditariedade, traumas, acontecimentos fortes, como mudança e morte.

O tratamento é feito com lítio e anticonvulsivantes, como o tegretol e o trilpeptal. Os antipsicóticos são usados temporariamente, durante as fases intensas de mania.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Transtorno Bipolar








1 comentários

Faça seu Login

  • sábado | 16/05/2009 | Fernando...
    Usuário

    Sou um portador da doença,o que eu vejo é que éla tem seus altos e baixos. Éla pode acarretar crises deprecivas sentimentos e comportamentos negati- vos .Isso atrapallha muito a vida e como sei disso,mais poder sentir um nivel de alegria inabalavel é bom de mais saber que por principios genéticos você conse- gue tal proesa é melhor ainda.O serhu- mano é um constante ser em busca da felicidade e só consegue achala em si mesmo,é tolisse achar que você conse- gue alcansala buscando o dinhero ou qualquer coisa fisica deste mundo. Sentir alegria,naõ é ser feliz pois trata simplismente de uma comsequencia qui- mica do seu organismo.Mas estar de bem com sigo mesmo,e se asseitar já é um enorme passo para felicidadde. Minhas crises comessaram no inicio da minha adolescência,as superei de um serto tempo de quando eu comessei um tratamento,éra uma constate luta. Tudo se trasformou quando comessei a ler Algusto Cury.Me sinto ótimo de um tempo para cá,Algusto Cury me ensinou a enchergar.Então pelo fato de não me sentir bem tomando medicamentos, persebi que meu medico impunha de uma serta forma a nessecidade de tomar medicamentos ,por falar que se eu algum dia da minha vida parasse com os medicamentos iria cair em crise.Então contestei e parei por si só ,e me sinto melhor do que nunca ,mesmo com minhas dificuldades e defeitos.Sei que algum dia posso cair numa crise mas seria de total disleche de mim mesmo , não por deixar de depender de anticonvulcivantes.