Você está aqui Mundo Educação Doenças O que é labirintite e quais as suas causas

O que é labirintite e quais as suas causas

O que é labirintite e quais as suas causas
A labirintite afeta o labirinto, uma região que fica dentro do ouvido e é essencial ao equilíbrio do nosso corpo

O órgão responsável pela nossa audição e também pelo nosso equilíbrio é o ouvido, que é dividido em ouvido externo, ouvido médio e ouvido interno. No ouvido interno encontramos o utrículo, o sáculo e os canais semicirculares que, juntos, formam o que conhecemos como labirinto, ou aparelho vestibular.

No utrículo e no sáculo encontramos células sensoriais que ficam mergulhadas em um líquido gelatinoso. Sobre essas células encontramos os otólitos (pequenos grãos de carbonato de cálcio). Se fizermos algum movimento com a nossa cabeça, os otólitos também se movimentarão, estimulando as células sensoriais a transmitirem informações de como está a posição do corpo para o cérebro, onde serão interpretadas. É por esse motivo que dizemos que o labirinto é o órgão responsável pelo equilíbrio do corpo, e a labirintite é um processo inflamatório que afeta o labirinto. 

A labirintite pode ser causada por infecções virais ou bacterianas, como otites, mas também pode ocorrer em razão de lesões na cabeça, alergia, reação a medicamentos, hipoglicemia, hipertensão, uso de álcool, fumo, café entre outros.

Os principais sintomas da labirintite são tonturas e vertigens que podem ou não estar associadas a náuseas, vômitos, sudorese, alterações gastrointestinais, perda de audição e zumbidos. Em momentos de crise, os especialistas sugerem que a pessoa fixe o olhar em um ponto fixo na parede, e assim que a crise passar, procurar um médico. É importante lembrar que a labirintite não provoca desmaios.

O diagnóstico da labirintite é feito a partir de uma avaliação clínica e de um exame otoneurológico completo, sendo que o médico pode pedir ainda tomografia computadorizada, ressonância magnética, assim como os testes labirínticos.

O tratamento da labirintite é feito levando em consideração suas causas, mas na maioria das vezes o médico pode prescrever vasodilatadores, para facilitar a circulação sanguínea nas áreas do cérebro e do labirinto, drogas que atuam cessando as náuseas, vômitos e mal estar e dieta alimentar para corrigir os erros alimentares que agravam a vertigem e outros sintomas da labirintite. Em alguns casos o médico pode prescrever exercícios para serem feitos em casa com o objetivo de reposicionar o labirinto. Pessoas com labirintite que não fazem o tratamento adequado correm o risco de a doença evoluir para um quadro mais grave, como a síndrome de Ménière.

Para se evitar a labirintite, alguns cuidados podem ser tomados, como:

→ Evite consumir álcool, café e tabaco;

→ Mantenha a glicemia e os níveis de colesterol e triglicérides baixos;

→ Não fique muito tempo em jejum, alimente-se de três em três horas;

→ Faça atividades físicas;

→ Beba muito líquido durante o dia;

→ Evite sucos de frutas industrializados e bebidas gaseificadas.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

O que é labirintite e quais as suas causas








3 comentários

Faça seu Login

  • quinta-feira | 10/03/2011 | géssica
    Usuário

    Gostei mt do post também. pequeno simples e completo . vlw *=

  • segunda-feira | 27/04/2009 | gui
    Usuário

    Adorei este arquivo pois tenho esta doença parabens quem colocou estamateria na net um grande abraço.

  • sexta-feira | 26/09/2008 | silvana monteiro
    Usuário

    A Labirintite pode dar dores de cabeça,fincada na cabeça, e difilcudade para enchergar