Mitose
Fases da mitose da raiz de cebola. (1) interfase (2) prófase, (3) metáfase, (4) anáfase e (5) telófase. Fonte: Atlas de Histologia do ICB – UFG.
A mitose é um processo de divisão celular no qual uma célula dá origem a outras duas, as três com o mesmo material genético (e número de cromossomos). Ocorre em casos de reprodução assexuada, crescimento de organismos e regeneração de tecido.

O período compreendido entre uma divisão e outra é denominado interfase, que ocupa aproximadamente 95% do tempo do ciclo celular. Neste, há três fases:

- G1: quando não há atividades relacionadas à divisão;

- S: onde ocorre a duplicação do DNA;

- G2: fim da duplicação do DNA, antecedendo a mitose propriamente dita.

A mitose dura aproximadamente 45 minutos e é convencionalmente dividida em: prófase, metáfase, anáfase e telófase, sendo o último evento a citocinese, que corresponde à divisão do citoplasma.

Na prófase há a condensação dos cromossomos, tornando-os cada vez mais curtos e grossos. Estes - duplicados na interfase e denominados, agora de cromátides-irmãs, unidos pelo centrômero - passam a ser visíveis ao microscópio. Os nucléolos desaparecem; o fuso mitótico, um conjunto de microtúbulos localizados nos pólos da célula, formando fibras, começa a ser formado. Ao fim da prófase, a carioteca é rompida e as cromátides são espalhadas pelo citoplasma.

Na metáfase, as fibras alcançam a região ocupada pelo núcleo. Alguns microtúbulos das fibras polares se ligam a estruturas protéicas presentes na região do centrômero, denominadas cinetócoros. Assim, há um deslocamento progressivo das cromátides para a região equatorial da célula, formando a placa metafásica, ou placa equatorial, onde estas ficam alinhadas.

A anáfase consiste na separação dos centrômeros, separando duas cromátides de cada cromossomo sendo, assim, denominados cromossomos-irmãos. Estes vão para os pólos opostos da célula, com a ajuda das fibras do fuso, uma vez que seus microtúbulos se encurtam.

Na telófase, há novamente a condensação dos cromossomos e reorganização do nucléolo e carioteca - está situando ao redor de cada conjunto cromossômico, que se descondensam.

Começa a citocinese. Em células vegetais, a divisão se dá de dentro para fora – citocinese centrípeta. Nas células vegetais, a citocinese é centrífuga, de fora para dentro: há a formação de uma lamela, que cresce do centro para a periferia e separa as duas células.


Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto



Deixe seu comentário para

Mitose








1 comentários

Faça seu Login

  • quinta-feira | 23/05/2013 | claudio...
    Usuário

    muito show