Você está aqui Mundo Educação Biologia Botânica Gimnospermas

Gimnospermas

Gimnospermas
O principal exemplo das gimnospermas é o pinheiro

É um tipo de planta, o nome “gimnosperma” já nos diz muito, a palavra vem do grego "gimnos" = "nu" e "spermos" = "semente”, ou seja, é uma planta que possuiu sementes nuas, ou seja, fora do ovário, diferentemente do que acontece no caso das angiospermas.

As gimnospermas são vascularizadas, possuem alto porte, raiz, caule e folhas bem definidas, não possuem frutos e sua semente se localiza do lado de fora do ovário. O principal exemplo de uma gimnosperma é o pinheiro, já que sua semente fica envolvida por escamas, formando uma estrutura mais ou menos cónica (pinha).

No processo de reprodução, os cones masculinos liberam esporos, também de grãos pólen, que se espalham através do movimento dos ventos até encontrarem os cones femininos, que produzem a oosfera, formando um zigoto. Assim, no interior da pinha são formados os pinhões, produtos dos óvulos fecundados. Normalmente, após um ano, a pinha se abre e deixa cair os pinhões, que levados pelo vento, originarão uma nova planta se acharem condições adequadas.

As gimnospermas são muitos importantes para o homem, pois é através dessas plantas que ocorre a maior parte da extração de madeira, papel e outras resinas, como os solventes, por exemplo.
 

Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Gimnospermas








20 comentários

Faça seu Login

  • segunda-feira | 25/08/2014 | nathalia santos
    Usuário

    legal me ajudou com minha pesquisa

  • quinta-feira | 05/06/2014 | victor
    Usuário

    cara.....valeu mesmo....ficou muito bom.

  • terça-feira | 10/12/2013 | aida
    Usuário

    legal muito interessante

  • terça-feira | 11/12/2012 | amanda
    Usuário

    Muito legal, gostei mesmo, me ajudou muito.