Você está aqui Mundo Educação Biologia Genética Genótipo e Fenótipo

Genótipo e Fenótipo

Genótipo é o conjunto formado pelos genes de um indivíduo que não são modificados naturalmente. O fenótipo refere-se às características visíveis que podem ser modificadas.

O estudo da genética, atualmente, apresenta uma enorme evolução, ainda mais com a associação de outras ciências e engenharias que têm permitido descobertas e criações que revolucionam as pesquisas para o tratamento de doenças, o estudo dos seres vivos atuais e os mecanismos de evolução.

No entanto, por mais avançado que seja o estudo no campo da genética, o conhecimento de determinados conceitos básicos é fundamental. Desta maneira, termos como fenótipo e genótipo se constituem como fundamentos para permitir a compreensão dos diversos fenômenos e fatores que acontecem na atualidade, como questões de hereditariedade e paternidade, e outros, que são divulgados pelos meios de comunicação especializados, como o caso das descobertas no campo da biotecnologia.

Estes dois termos (fenótipo e genótipo) foram criados em 1909 pelo pesquisador dinamarquês Wilhelm L. Johannsen que, neste mesmo ano, também criou a palavra gene para designar os pedaços de cromossomos identificados pelo americano Thomas Morgan.

De acordo com Johannsen, o termo fenótipo serviria para atribuir características morfológicas, fisiológicas ou mesmo relacionadas ao comportamento do ser vivo estudado. Essa característica nem sempre seria visível e expressa externamente, podendo ser fatores como o tipo de sangue ou características bioquímicas próprias daquele indivíduo.

Exemplos comuns para se compreender o que seria o fenótipo são a cor de nossa pele e olhos, a textura de uma fruta, o tipo sanguíneo de uma pessoa, formato dos olhos, tipo de cabelo, etc.


O fenótipo pode ser alterado!

Entretanto, o fenótipo não é uma característica que permanece inalterada no ser vivo, sendo que esta se modifica através da interação entre o ambiente e suas características genéticas. Assim, temos hoje mulheres que nascem com cabelos pretos e, com o auxílio de tinturas artificiais, modificam seu fenótipo passando a ostentar cabelos loiros. Contudo, quando o cabelo cresce, a raiz do cabelo permanece preta como expressa por sua natureza genética.

Essa característica genética que permite que o cabelo cresça com sua coloração original inalterada, mesmo após sucessivas tinturas, é conhecida como genótipo. O termo genótipo se refere ao conjunto formado pelos genes de um indivíduo que não são modificados naturalmente. Logo, os genes que formam uma pessoa procedem de seus pais e estes determinam seu genótipo.

Dessa forma, temos uma relação direta entre o genótipo e o fenótipo, sendo que o genótipo é quem determina o fenótipo de uma pessoa, por exemplo. Assim, características presentes nos pais são transmitidas e podem ser expressas nos filhos. Já o fenótipo pode ser alterado temporariamente sem determinar alteração no genótipo.

Fabrício Alves Ferreira
Graduado em Biologia
Equipe Mundo Educação

Tags Relacionadas Genótipo fenótipo genética

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Genótipo e Fenótipo








4 comentários

Faça seu Login

  • sexta-feira | 16/11/2012 | Bruno Ferreira
    Usuário

    Exelente explicação,...o material é ótimo.....entendi claramente!

  • domingo | 23/09/2012 | rhuan
    Usuário

    agora sim eu entendi..... e mto bem explicado! amei

  • quinta-feira | 13/09/2012 | lucieli
    Usuário

    gostei mt legal

  • sexta-feira | 07/09/2012 | gilvan goncalves
    Usuário

    Gostei muito da matéria, muito bem explicado valeu.