Você está aqui Mundo Educação Biologia Seres Vivos Reino Fungi Classificação dos fungos

Classificação dos fungos

Classificação dos fungos
Os fungos são organismos que se desenvolvem no calor e na umidade

Embora existam fungos unicelulares, a maioria desses organismos são eucarióticos e heterotróficos, apresentando as paredes de suas células constituídas por quitina. São conhecidas aproximadamente 70 mil espécies de fungos, mas especialistas afirmam haver cerca de 1,5 milhão de espécies de fungos. Classificados no reino Fungi, os fungos são divididos em cinco filos: Filo Cythridiomycota, Filo Zygomycota, Filo Ascomycota, Filo Basidiomycota e Filo Deuteromycota.

  • Filo Cythridiomycota: a maioria dos fungos reunidos nesse filo é aquática, e esses organismos apresentam flagelos em algum estágio de sua vida. Chamados de mastigomicetos (mastix = flagelo; mycetos = fungo), ou citridiomicetos, esses fungos podem ser unicelulares ou filamentosos e não possuem quitina em sua parede celular, que é constituída apenas por celulose e glicanos (polissacarídeos). Os fungos citridiomicetos armazenam uma substância de reserva semelhante à das algas pardas e diatomáceas e, por esse motivo, muitos cientistas classificam esses fungos no mesmo grupo das diatomáceas, algas pardas e algas douradas. Esses organismos podem ser sapróbios (se alimentam de cadáveres de plantas e animais) ou parasitas (causam uma doença em batatas).
  • Filo Zygomycota: chamados de zigomicetos ou ficomicetos, os fungos pertencentes a esse filo não formam o corpo de frutificação durante a reprodução sexuada. Alguns desses fungos são utilizados na produção do molho de soja (molho shoyu), hormônios anticoncepcionais e medicamentos anti-inflamatórios. As espécies de fungos desse filo são de vida livre, como, por exemplo, o Rhizopus, bolor negro que se desenvolve sobre a superfície úmida de alimentos como frutas, verduras e pães. Outras espécies de zigomicetos parasitam protozoários, vermes e insetos, além de espécies que se associam a raízes de plantas, as micorrizas.
  • Filo Ascomycota: os organismos reunidos nesse filo são chamados de ascomicetos e abrangem a metade de todas as espécies descritas de fungo. Esses organismos formam o asco (hifas em forma de saco), justificando o nome do filo. O ascomiceto mais conhecido é o levedo (Saccharomyces cerevisae), também conhecido como fermento de padaria, muito empregado na produção de bebidas alcoólicas, álcool e pão. Outros exemplos de ascomicetos são Neurospora crassa, que é muito utilizado em pesquisas genéticas; algumas espécies de Penicillium, dos quais se produzem a penicilina e certos queijos; e alguns que parasitam plantas, como o Aspergillus flavus. O ascomiceto Claviceps purpúrea ataca cereais, e a ingestão de alimentos contaminados por ele causa ergotismo, um envenenamento que provoca alucinações, convulsões, espasmos nervosos e morte. A substância que causa esse quadro se chama ergotina e é utilizada em alguns medicamentos por causar vasoconstrição e contração muscular. Essa substância também é utilizada para se produzir o LSD, uma droga bastante perigosa. Algumas espécies de ascomicetos vivem associadas a algas ou cianobactérias formando os liquens.
  • Filo Basidiomycota: chamados de basidiomicetos, os fungos pertencentes a esse filo são mais conhecidos como orelhas-de-pau e cogumelos. Alguns basidiomicetos, como o Agaricus (champignons), são comestíveis, enquanto que outros, como o Amanita muscaria, são tão venenosos que a ingestão de um pequeno pedaço pode levar à morte. Há ainda espécies de basidiomicetos que são tóxicas e contêm substâncias alucinógenas, como o Psilocybe mexicana; e outras que atacam vegetais como cereais e café causando as chamadas ferrugens.
  • Filo Deuteromycota: os fungos pertencentes a esse filo são chamados de deuteromicetos ou fungos imperfeitos, por não apresentarem reprodução sexuada. Muitos fungos que foram classificados como sendo deuteromicetos foram ou estão sendo reclassificados em outros filos, como é o caso do Penicillium (fungo do qual de extrai a penicilina), da Candida albicans (fungo que parasita mucosas) e do fungo Trichophyton (causadores do pé-de-atleta e fireiras), que eram classificados como deuteromicetos e agora são classificados no filo dos ascomicetos.

Assuntos Relacionados



Deixe seu comentário para

Classificação dos fungos








6 comentários

Faça seu Login

  • domingo | 24/08/2014 | camila
    Usuário

    NOSSAAAA é muito bom, mesmo pra caramba.

  • quarta-feira | 30/04/2014 | fernando anjos
    Usuário

    valeu aew pelo site ..

  • quinta-feira | 13/12/2012 | Lucimelry Porto
    Usuário

    Muito grata a uquipe responsável por essa informações,a ajuda foi ótima...sucesso e boa festas,e que Deus ilumine e proteja a todos!!!!!!

  • segunda-feira | 25/06/2012 | LETICIA
    Usuário

    EU GOSTEI MUITO DESSA PG PQ ME AJUDOU MUITO EM MEUS ESTUDOS BJXXXXXXXX A TODOS